5 de novembro de 2010

Mudanças...

Não gostamos delas. Nós a tememos. No entanto, não conseguimos evitá-las. Ou nos adaptamos às mudanças, ou somos deixados para trás. Crescer é doloroso. Qualquer um que te disser que não, está mentindo. Mas aqui vai a verdade: às vezes, quanto mais as coisas mudam, mais elas permanecem as mesmas. E às vezes, ah, às vezes mudar é bom. Às vezes, mudar é tudo.

Autor Desconhecido.




1 comentários:

Juliana A. Matos. disse...

Uri, indiquei o seu blog para fazer o jogo dos sete, lá no meu blog.
Passa lá depois para ver como funciona; ^^
Beijos. :**
Fica com Deus. *-*